17 julho 2006

Reflectir para saber escolher

Hoje não há falta de alternativas; mas é difícil escolher bem. Como é que nos podemos orientar no meio de tanta oferta?
Acreditamos que o cristianismo não é só uma fé interior, mas que é algo que deve transformar e moldar a nossa vida no dia a dia.


Uma voz amiga

O Alan e a Celeste Pallister, que dirigem o centro, têm uma longa experiência de trabalho missionário e pastoral, e estão disponíveis para conversar, orientar o estudo e aconselhar os visitantes.


Estudar
Uma parte importante da reflexão faz-se a sós. Para ajudar, temos uma biblioteca considerável, que cobre áreas diversas como ética (saúde, ambiente, sexualidade, ...), teologia, literatura, apologética, biografia, devocional, etc.. Também temos uma colecção de palestras e pregações em cassetes e cds, uma forma alternativa de estudar.


Palestras
Organizamos palestras regularmente, em que tratamos temas da sociedade actual, relembramos pensadores importantes e pensamos sobre a nossa cultura.


Retiros
Também temos retiros em que, além de palestras, temos mais tempo para reflectir, para desfrutar da companhia e do local. Alguns dos temas que escolhemos até agora foram a Reforma, C. S. Lewis, Francis Schaeffer, ética na saúde, a escrita e a vocação (ver abaixo).


Profissão e vocação
Estamos habituados a ver o trabalho como uma obrigação, algo cansativo e desagradável, indispensável para ganhar um salário – o que não é sempre falso.
Mas o emprego não tem que ser só isso – pode e deve ser uma oportunidade de viver a vida cristã e ser uma influência positiva na sociedade.

Nos nossos retiros vocacionais exploramos isto em campos profissionais específicas (até ao momento, na área económica e na área da saúde).


Trabalho e comunidade
O programa dos nossos visitantes inclui algum tempo de trabalhos práticos, em que se pode experimentar isto e contribuir para a vida da comunidade. Com calma, claro!


Ar fresco, silêncio, natureza
O ambiente calmo e sossegado em que fica o Canto da Rola contribuem muito para que os visitantes desfrutem da sua estada. Além disso, há bons caminhos para andar a pé.


Passeio e turismo na zona
E ainda há mais atractivos: a baía de S. Martinho do Porto fica a 5 minutos de carro, a praia da Foz do Arelho a 10, o castelo de Óbidos a 15 e a Lagoa de Óbidos a 20.


Contribuições sugeridas
Dormida – € 7,5
Refeição – € 7,5

Notas:
Salvo nos retiros organizados por nós, os visitantes são responsáveis por preparar o pequeno almoço e mais uma refeição por dia, não incluídos nos valores acima.
Caso os visitantes não possam cobrir estes valores, devem contactar-nos sobre a possibilidade de terem uma bolsa.
Estadas longas poderão ter descontos.