08 setembro 2007

Finalidades

Uma primeira reacção, dirigida aos «jovens Alan e Celeste» (!), vem do nosso amigo Eng. Camilo Coelho, que pergunta acerca das nossas finalidades no blog. Achei uma boa oportunidade de esclarecer que todos os possíveis objectivos que o Ir. Camilo menciona - divulgação do «Canto da Rola», apoio devocional, reflexão teológica, investigação bíblica, informação actualizada - estão nas nossas intenções. Alguns deles iremos conseguir fazer melhor na prática do que outros!
Mas não sentimos a necessidade de isolar ou separar os objectivos de alguma maneira. A nossa visão no «Canto da Rola» tem alguma coisa a ver com o conceito de hospitalidade da família de Francis Schaeffer: partilhavam não só ideias e convicções, mas também a sua vida. O testemunho da família, ou os debates à volta da mesa, tinham tanta importância, ou às vezes mais, do que os discursos académicos e os livros. Mas estes também tinham!
Sentimos a vontade de contribuir alguma coisa pastoralmente acerca de nós próprios e acerca da nossa fé. Acharíamos desnecessário estar a tentar estabelecer prioridades entre esses objectivos. Tem a ver também com o nosso conceito de «pastor» - alguém que abre o seu coração e tenta reflectir algo da imagem de Jesus para os outros através do seu exemplo. Já muitos têm vindo ao Centro à procura desse tipo de ministério. Algumas vezes conseguimos dar-lhes algo: outras vezes creio que não conseguimos.
A vantagem do «blog» é que tornou muito informal o discurso e abriu o espaço para esta visão holista da comunicação. Não imagino algum dos meus professores da Universidade (de Literatura Inglesa ou de Teologia em Cambridge) a ter conseguido comunicar desta maneira: o ideal do académico era ser o menos pessoal possível! E, às vezes, por influência deles, ainda dou comigo ainda a tentar ser académico nesse sentido!
Creio que tudo isto dirá muito mais a quem nos conhece do que a desconhecidos. Estes estarão à vontade para perguntar, sugerir, criticar.... O Ir. Camilo é um deles e esperamos que se sinta à vontade para propor assuntos (que, obviamente, não terão a ver só com as posições de alguma denominação). Ao abrir o «blog» poderão concluir rapidamente se interessa ou não aquilo que vai a seguir. Este método de comunicação também é bom no sentido de não impor nada a ninguém!
Pensamos que alguns podem encontar aqui um espaço para colocarem questões interessantes. Pensamos que este mundo da informática - que tem algumas desvantagens grandes - também tem algumas vantagens grandes e este é uma delas.
Aguardamos mais reacções!