06 setembro 2009

O PASTOR COM O CASACO AOS QUADRADOS...

Não, não vou tratar do filme «O Rapaz com o Pijama às Riscas».....
Era mesmo um casaco. Grosso, verde escuro, e com uns quadrados amarelos. Não me lembro se me foi oferecido, ou se o tinha comprado numa loja de roupa em segunda mão («charity shop») em Inglaterra.
Algumas pessoas na congregação, nos domingos de manhã, começaram a distrair-se, dando menos tempo a ouvir o sermão e mais a observar, com atitude crítica, o casaco do pastor. Não ousaram dizer directamente que não gostavam do casaco: mas a notícia chegou até a minha esposa... e não sei a quantas pessoas antes dela!
Até ao dia em que dois irmãos idosos resolveram fazer-me uma surpresa. Um deles nunca veio a ser membro da igreja: mas foi um bom amigo que veio a falecer uns anos depois. Outro ainda era membro de outra igreja: depois mudou para a nossa e ainda é vivo – com 92 anos.
Vieram dizer-me que tinham uma pessoa que estavam a evangelizar: precisavam da minha ajuda para falar com a pessoa. Com todo o cuidado marcaram o lugar e a hora do nosso encontro. Lá cheguei na hora combinada: fomos muito pontuais os três. E, para minha surpresa, estávamos ao pé de uma boa loja de roupas!
Entrámos e contava encontrar, dentro da loja, o amigo que precisava de ser evangelizado. Mas disseram logo que o que queriam realmente era comprar-me um casaco!
Em pouco tempo, apreciando os preços, vimos que um fato seria bastante económico e seria uma melhor opção. Compraram-me um fato bonito e despediram-se: «Até domingo!». Quando é que eu alguma vez, com as limitações financeiras que tinha com a minha família, teria resolvido gastar esse valor na compra de um fato novo?
E outra coisa..... Era na altura, e ainda sou, professor de Ética Cristã no Seminário Baptista. Quando surge o tema das «mentiras piedosas», não costumo dar margem para a mentira ser justificada tendo em vista as boas intenções de quem a profere. Mas nunca ganhei muita coragem para condenar a «mentira» que estes dois irmãos idosos da congregação usaram para me fazer esta preciosa oferta!

4 comentários:

João A. C. Pinheiro disse...

Li este "post" do meu Amigo o Pr Pallister ( será mesmo dele ? Não está assinado...) e, com todo o respeito, vou permitir-me lamentar a forma como findou a tal questão do casaco às riscas. Possivelmente - assim esperamos - esses bons irmãos, com o tempo e o amadurecimento espiritual, terão compreendido que havia outras formas mais límpas de ajudar o pastor. Mas essa foi errada.

O Canto da Rola disse...

Caro irmão João Pinheiro,
Nas aulas de Ética Cristã costumo tomar posição contra a «Ética da Situação», na qual os fins podem justificar os meios. Por isso, tenho que concordar com a posição que o Irmão toma, relativamente a esta questão do meio que foi usado para me levar à loja para a oferta de um fato.
Mas, como é evidente, vendo o amor e lealdade dos irmãos (e o ar de «meninos grandes» com que estavam!), seria bastante duro da minha parte recusar a sua oferta por causa de uma mentira. No caso de Raab, por exemplo, há evidência bíblica (em Hebreus 11:31 e Tiago 2:25)de que Deus aceitou a sua fé e as suas obras, apesar de ela ter mentido.
O que acho retrospectivamente que deveria ter feito com estes dois irmãos era aceitar a sua oferta e ter, ao mesmo tempo, uma palavra leve com eles, a chamar a atenção: «Olhem, irmãos, muito obrigado, mas cuidadinho com as mentiras!».
O não ter conseguido fazer assim foi falha minha. Nunca consegui repreender uma pessoa com idade para ser o meu pai!

sn.freitas disse...

Lembro-me bem desse casaco... :)

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,